Escola de Filosofia Chinesa - Integrada a Wu Xing Clínica

Próstata

Próstata


PRÓSTATA (hipertrofia prostática benigna). As funções da bexiga de estocar e liberar urina são facilitadas pelo Qi (energia) do rim. Na medicina chinesa, diz-se que o rim tem abertura na uretra e anus; assim, tanto a micção quanto as evacuações são influenciadas por esse órgão. É natural que a maior parte das anormalidades referidas na micção e passagem de água sejam relacionadas ao rim e à bexiga.

Os sintomas desse quadro são: aumento da frequencia urinária, sobretudo à noite, sentindo que a bexiga nunca esgota. Com o tempo precisa fazer esforço para urinar e o jato é mais fino e fraco. As vezes ocorre perda de urina. Cansaço, distensão do baixo-ventre e desconforto são recorrentes. As orelhas ficam escurecidas e se pressionadas parecem insensíveis. A respiração fica superficial e se tem aversão ao frio.

As causas são excesso de trabalho, de preocupações ou de atividades sexuais, os quais enfraquecem o rim levando a disfunção na circulação de água, enfim, na retenção de urina.

A cirurgia, muitas vezes recomendada pela medicina ocidental, é um equivoco, por que não resolve a raiz do problema, ou seja, a fraqueza dos rins e mais pelo fato de sequelas que levem à perda involuntaria de urina.

O principio da cura pode ser baseado em acupuntura para tonificar o rim e, ao mesmo tempo, priorizar alimentos que os reforcem (grãos de todos os tipos - arroz, feijão, amendoim, nozes, castanha), sem esquecer dos demais legumes ou frutas ricos em nutrientes (ferro, potassio, manganês, calcio) ou vitaminas do tipo B.

Alimentação adequada e baixa quantidade de carboidratos (açúcares e farinhas brancas), agilizam o processo de cura.